• Circe Palma

A Paciência da Espera

A paciência da espera!




Quanto tempo falta? Há sempre um pouco de angústia na espera. Uma espécie de aflição quanto ao que vai acontecer. Como se precisássemos saber o que virá. Confiar e esperar não é uma tarefa fácil para nenhum de nós. As incertezas nos maltratam diante das possibilidades que nossa imaginação cria.

A paciência. Outro aprendizado que havíamos esquecido. “ A paciência é mãe da sabedoria” diz um provérbio. Exigimos isto das crianças mas, enquanto adultos, não sabemos exercitar esta tal paciência. Ser paciente é ser sábio. Sábios porque não nos angustiamos diante daquilo que não sabemos. Simplesmente aguardamos. E o que vier, virá.

O medo. Este se impõe com todas as formas horrendas que ele tem. Nos ataca até que o enfrentamos. E aí descobrimos que ele é extremamente frágil. Quando as crianças tem medo do escuro, porque justificam dizendo que há monstros dentro dos armários, nós, adultos, as convencemos que ao acender a luz, os monstros vão embora. Então, agora mais do que nunca precisamos acender a luz. Iluminar nossos ambientes internos e descobrir o que temos ali. De fato, não há monstros. Há uma realidade passível de ser enfrentada, desde que possamos nos permitir este enfrentamento.

A força. Todos a tem. Apesar de nem sempre saberem usá-la. Alguns a subestimam ao não se julgarem capazes. Outros a superestimam, julgando-se melhores e mais capazes. Uma medida que não é honesta: o outro. Nossa força é só nossa e não precisa do parâmetro de nenhuma outra. É preciso apenas reconhecer e receber a força que se tem. Assim, poderemos usá-la a nosso favor e para auxiliar aquele que está buscando a sua.

A coragem. Aliada da força e todos também a tem. Mas não sabem. Não a experimentam. Nem sempre se permitem. O certo é que ela aparece. Em momentos difíceis ela se apresenta e se torna nossa fiel escudeira. Alia-se à coragem, mostra-se poderosa diante do medo e traz consigo uma ferramenta muito importante para os combates: a paciência.

Portanto, ao “acender a luz”, a nossa luz, poderemos ver que estamos cercados destas ferramentas de luz que por certo irão nos auxiliar nos momentos mais difíceis de nossas vidas.

Como este que estamos vivendo agora! Este encontro conosco nos permite conhecer muito de nós mesmos. Tenhamos fé e acreditemos em nossa força, em nossa coragem.

E com paciência saibamos esperar!

0 visualização
  • Facebook
as-passeadeiras-logo.png