• Circe Palma

Os dias ficaram mais longos

E os dias ficaram mais longos! O tempo parecia ter se alargado. E muito mais do que até então, agora era possível criar, construir, fazer. Havia tempo para ouvir. Tempo para falar. Tempo para criar. Tempo para amar, para acarinhar. Tempo para pensar.

Uma sensação de leveza pairava no ar, a despeito do sofrimento de alguns, aplacado por aqueles que se dedicavam inteiramente a árdua e triste tarefa de salvar vidas. E, aos mais sensíveis e atentos, até mesmo a natureza parecia agradecer aos olhos que a contemplava pelas janelas.

A Terra, também se curava. Das dores, dos sofrimentos que lhes havia sido imposto. E através das árvores, dos jardins, das flores, o planeta parecia voltar a sorrir. Isto nos impactava e, ao mesmo tempo, nos alegrava, sem que pudéssemos entender exatamente o que estava acontecendo. E era possível perceber uma força, uma energia que girava em torno de cada um e de todos os seres vivos. Homens, plantas e animais.

A alegria que prometia se fazer presente, as vezes não aparecia. O medo, sim. Do desconhecido todos tem medo. A confiança, a certeza. Estas, armas poderosas para enfrentar os medos. E tudo voltava a ficar novamente colorido. A maior certeza, no entanto, era o fato de saber que estavamos juntos. Saber que nos auxiliávamos uns aos outros, trazendo tudo de que cada um precisava. Alimentos, conforto, esperança, carinho.

E foi deste modo, que saímos da dor para o amor.

Os sentimentos fluíam de varias formas. Às vezes tristeza, outras vezes o temor de não suportar, outras vezes a incerteza do que poderia vir. Mas, sempre permanecia, por fim a certeza, a fé, a confiança que chegava a cada um, vinda de um não sei onde, que por certo alguém, em oração, emanava à toda a humanidade.

E foi assim, que passo a passo, caminhamos para um mundo novo, onde não só o planeta sobreviveu, mas os seres humanos, através da imensa força que surge em todos os que amam.

O amor é a força maior que tudo vence. Por isto, logo estaremos vivendo num mundo de paz, de harmonia onde os afetos, os amores, os carinhos irão prevalecer a qualquer novo desafio.


1 visualização
  • Facebook
as-passeadeiras-logo.png